Como fazer um planejamento financeiroContinuando nossa série de dicas sobre planejamento financeiro, vamos para a segunda parte. Mas antes, apenas para recapitular, falamos sobre dois erros que podem atrapalhar suas finanças e deixar cada vez mais longe seus sonhos e seu objetivos de serem alcançados.

No total são 5 dicas que tenho para compartilhar com você. Então, não deixe de conferir as duas dicas apresentadas no primeiro artigo. Se ainda não leu a primeira parte, aqui está o link:

 

Três principais erros no planejamento financeiro

1. Confiar na contabilidade mental

Você sabe exatamente quanto ganha por mês? Tem ideia de quanto gasta todo mês com suas despesas e seus itens de consumo? Essas perguntas são importantes, porque muitas pessoas costumam utilizar no dia a dia a chamada “contabilidade mental”.

Elas acreditam que ganham um determinado valor específico e tomam suas decisões baseadas nesse valor. Um exemplo prático é o seu salário, você ganha um valor x, mas se te perguntarem quanto você ganha por mês, você falaria o valor bruto ou o valor líquido? O salário bruto fica fixado na nossa cabeça, e acabamos esquecendo o valor real que recebemos na hora de sair para comprar algo.

Então é muito importante que você tenha um controle financeiro, ainda que simples e muito básico. Há no mercado diversos aplicativos para smartphones e serviços online que ajudam e muito no controle das finanças. Uma dica para empresas pequenas e também pessoas físicas é o gerenciador financeiro ZeroPaper. Assim, você sabe exatamente quanto tem para gastar, bem como seus limites financeiros.

2. Não se interessar pelos juros

Já parou para pensar quanto paga de juros em cada compra que faz e decide pagar em diversas parcelas? Essa é uma preocupação que o brasileiro tem muito pouco, infelizmente. Então, sempre que puder, pague o produto à vista, negocie o melhor preço. Caso sua única opção no momento seja o parcelamento, informe-se dos juros, saiba quanto você irá pagar.

3. Ignorar a educação financeira

Tudo que foi falado nesses dois artigos representa a chamada “educação financeira”, isso significa que você está mais preocupado com seu dinheiro e suas finanças buscando informação e mais conhecimento sobre o tema. Não deixe que esse conhecimento fique apenas para você, transmita o que aprendeu para sua família a importância de discutir as finanças da casa e realização de sonhos conjuntos.

Pense sempre que você é o responsável pelo destino financeiro que sua vida vai ter, não é a empresa que você trabalha ou seu empregador quem determina o sucesso que você irá ter. Educação financeira significa gostar de dinheiro, valorizar o que o dinheiro pode trazer e, mais do que isso, acreditar que o dinheiro é um instrumento de liberdade.

Aprenda mais sobre Planejamento Financeiro

Você deve ter entendido que para manter o seu saldo financeiro sempre positivo é necessário fazer um planejamento financeiro, sei que isso pode parecer difícil, porém o professor Elisson de Andrade escreveu o e-book As 5 etapas do Planejamento Financeiro. O livro é um passo a passo sobre como você pode gerenciar suas finanças pessoas de maneira correta, recomendo a leitura.