Foco no negócio

Empreendedorismo na internet é o assunto do momento. São muitos os exemplos de recém milionários que estão fazendo fortuna com negócios na internet.

Criando novas soluções através de redes socias, compras coletivas e até mesmo com lojas virtual, como é o caso da Netshoes e Dafiti, que cresceram muito em pouco tempo e hoje são referências em seus segmentos.

O empreendedorismo digital tem ganhado cada vez mais adeptos prontos para explorarem novos nichos de mercado. Aos que desejam um novo desafio, segue 10 dicas essenciais para ser um empreendedor na internet.

1- Defina o foco do seu negócio

A competição no mundo virtual é tão grande quanto em negócios fora da internet. Portanto, identifique necessidades ainda não atendidas e que podem ser tornar oportunidade lucrativas. Há muitos nichos promissores, principalmente para pessoas criativas que saibam tirar proveito da internet, como é o caso do paulista Marco Antonio Affonseca quando resolveu investir em um novo segmento de mercado.

2 – Defina seu produto

Escolha como você irá obter receita (dinheiro), assim como o produto que irá oferecer. A vantagem da internet é pode enxugar estoques, mas dependendo do produto oferecido, talvez nem precise ter estoque. Como por exemplo, infoprodutos – músicas em MP3, vídeos, livros em formato digital (PDF, e-Pub), são ótimos produtos para se vender na internet. Uma plataforma que tem se mostrado bastante eficiente é a Hotmart.

3 – Crie uma identidade

Sem um bom nome e um logotipo que identifique seu negócio, produto, ou empresa seu empreendimento dificilmente dará certo. Crie uma identidade visual, frases de efeitos ainda funcionam muito bem. Cuide para criar algo que seja facilmente lembrado, que seu cliente não precise ler várias vezes para poder memorizar.

4 – Questões legais

Procure um contador e registre a empresa legalmente. Registre também o nome nos órgãos competentes. Busque profissionais qualificados para cuidarem da parte legal antes de iniciar as atividades da empresa.

5 – Tenha um Site ou Loja Virtual

Apesar do baixo investimento, colocar um site no ar requer planejamento e cuidados. No caso de lojas virtuais você precisa estar atento ao visual, os produtos e serviços disponíveis, a localização das mercadorias, o atendimento ao cliente e as forma de pagamento que serão utilizados. Preocupe-se em encantar cliente novos e reter antigos. E lembre-se, clientes virtuais são ainda mais impacientes que clientes de lojas físicas, como os de shopping centers, por exemplo.

6 – Que sistema utilizar

Há duas escolhas possíveis, adquirir a própria infraestrutura (servidores, funcionários especializados, local adequado) ou contratar os serviços de um provedor de hospedagem, pagando tarifas mensais por pacotes pré-definidos.

Se está começando agora, sugiro contratar serviços terceirizados, pois o custo e o risco são menores. Empresas médias ou pequenas optam por alugar um espaço na “nuvem” de terceiros – tecnologia denominada de “cloud computing”.

7 – Garanta segurança

Uso de certificados digitais que atestam a segurança de um site são obrigatórios para serviços de compra e venda na internet. Por isso, invista na segurança do seu site e dos dados de seus cliente. Há empresas que oferecem tais serviços, dificultando a ação de indivíduos com más intenções.

8 – Ofereça mais de uma opção de pagamento

Ninguém gosta de tentar comprar um produto e receber o aviso que empresa só aceita cartão de crédito. Muitos usuários preferem boleto bancário ou até mesmo depósito direto em conta. Numa loja virtual é imprescindível aceitar diversas bandeiras de cartão de crédito e débito. Deve existir uma flexibilidade para negociação. Ofereça também atendimento online para os usuários que, por algum motivo, não conseguem finalizar uma compra.

9 – Teste seu produto antes de lançar no mercado

Na internet são se pode prever a quantidade de acessos que um site pode ter quando há uma promoção ou a inauguração de um serviço tão esperado por usuários. Esteja preparado para enfrentar problemas, por isso teste seu site de todas as forma possíveis, procure erros gramaticais, teste links, simule vendas e operações de pagamento, teste em vários sistemas operacionais, etc. Enfim, simule os processos de devolução de produtos, assistência técnica e telemarketing.

10 – Divulgue seu negócio na internet

Os primeiros dias de um negócio na internet podem ser difícil, pois atrair clientes não é tão fácil como parece, porém há diversas forma de conseguir de forma rápida, para que isso ocorra é necessário investir tempo e até dinheiro em campanhas e marketing online.

Esse processo pode ser acelerado utilizando links patrocinados e compra de palavras ou frases que identifiquem seu negócio. Crie e mantenha sistemas de divulgação online e, se possível também em outras mídias, tais como televisão, revistas e jornais. Utilize o poder das redes sociais para atrair novos usuários para seu negócio.