Dicas para Revender Roupas Importadas

Tornar-se um empreendedor é algo bastante sério, porque você tem que lidar com muitos detalhes para manter seu negócio à todo vapor.

Mas, todo brasileiro sonha em ter seu próprio negócio, ser independente financeiramente, ter uma vida confortável e trabalhar com algo prazeroso. Porém, para abir o próprio negócio é necessário dedicação.

Para ser empreendedor não basta apenas sonhar, mas por em prática tudo o que você imagina. Não basta criar uma loja, comprar produtos do fornecedor e criar seu estoque e esperar que as vendas se concretizem. Embora esses sejam os passos mais básicos, não podem ser dados de qualquer forma.

É precisa pensar em alguns fatores como: público-alvo, encontrar os melhores fornecedores, formas de pagamento para comprar e vender, onde hospedar sua loja virtual ou que plataforma terceirizada utilizar, estratégias de marketing, como atrair clientes, dentre outros fatores.

Se você importa roupas para revender, por mais que seja um negócio que atrai muitos cliente, você pode ter ganhos melhores se procurar se especializar na venda por preços atrativos. Para tanto, abaixo segue uma lista de dicas que vão ajudar nos primeiros passos da sua venda de roupas importadas.

1. Defina seu público-alvo

Se você deseja comprar roupas importadas e revendê-las por preços baixo, saiba que seu público será um, mas se você quiser vender produtos exclusivos que não contar com valores mais altos, o seu público será outro.

É importante definir que tipo de roupas você irá vender, ou melhor, que tipo de moda, masculino, feminino ou ambos. Essa escolha irá influenciar no visual da sua loja virtual ou até mesmo dos anúncios.

2. Crie uma loja virtual atraente

Você sabia que o estilo da sua loja virtual influencia e muito na decisão de um cliente? É bem provável que eles prefiram um site com visual moderno, e que seja ao mesmo tempo elegante e clean. Site com imagens em baixa resolução ou visual mal feito são descartados, pois não passam confiança e segurança na hora da compra.

Por mensalidades baixas é possível contratar uma plataforma para sua loja virtual, que além de contar com um estilo profissional, vai oferecer ferramentas para você gerenciar as suas vendas.

3. Faça anúncios criativos

Mesmo que sua plataforma de vendas de roupas importadas seja o Mercado Livre, é importante que os seus anúncios sejam bonitos, criativos, informativos, detalhados e com imagens em alta resolução. O mesmo vale para quando for divulgar sua loja virtual através de outros canais de comunicação.

Alguns sites oferecem anúncios com preços bem acessíveis, como o Facebook, onde você pode anunciar a sua fanpage. Outra dica é realizar campanhas de links patrocinados. É importante pensar em uma estratégia de comunicação que atinja seu público alvo de forma eficiente e econômica, ou seja, não precisar gastar muito dinheiro para atrair clientes.

4. Procure sempre pelos melhores fornecedores

Por mais que você confie em seus fornecedores, é importante sempre estar a par dos novos que aparecem na internet. No entanto, para sua segurança, você não deve ser a primeira pessoa a adquirir um produto de um fornecedor, primeiro tenha boas referências sobre ele. Fique atento para os fornecedores com preços altos que já descartou anteriormente, eles podem fazer promoções que valem a pena.

5. Mantenha-se atualizado

As novidades do mercado de roupas não param de crescer, ainda mais para as mulheres. Embora existam marcas famosas, esteja antenado sobre o que acontece no mundo da moda. É importante oferecer a seus cliente as últimas novidades e deixá-los a par dos lançamentos, tendências, etc.

6. Conquiste o público-alvo

Para estar sempre em contato com seus clientes, não deixe eles te esquecerem. Participe das redes sociais, envie newsletter, faça promoções regularmente, dê brindes nas compras e facilite o pagamento das roupas importadas.

Como importar roupas